Make your own free website on Tripod.com

DRAGONLANCE: Espólios de Guerra, Sonhos de Paz

Há mais de trezentos anos atrás, décadas após o Grande Cataclismo que devastou o Continente de Ansalon, a fome, a peste e a guerra varriam as terras. Os anões das colinas do clã Neidar e humanos que habitavam as planícies cercadas pelo Novo Mar fugiram em direção ao sul, onde a vida poderia ser mais farta, livres dos ataques dos bárbaros e assassinos. O destino dos refugiados era o reino subterraneo de Thorbardin, lar dos anões da montanha, chefiados pelos orgulhosos membros do clã Hylar. Só que Thorbardin não tinha recursos nem ao menos para prover sua própria população, quanto mais as ondas incessantes de refugiados. Numa escolha fatal, o Alto Thane de Thorbardin fechou os portões da montanha, barrando a entrada dos imigrantes. O exército anão voltou-se contra seus próprios primos, derramando sangue nas planícies de Dergoth. Começou, assim, a Guerra dos Portões Anões.

Quando a situação parecia perdida, um feiticeiro maligno chamado Fistandantilus ofereceu-se para ajudar os refugiados a derrubar os portões de Thorbardin... A um preço. Ele desejava as riquezas e as terras dos anões, e não teria escrúpulos em usar a massa desesperada de refugiados para conseguir seu intento. Fistandantilus, cercado das tropas de refugiados, fez cerco a Thorbardin, atacando-a com magia e aço. Quando a batalha parecia encaminhar-se para um trágico final, Fistandantilus lançou uma terrível e poderosa magia, que dizimou seu exército e as tropas de Thorbardin. As forças mágicas consumiram as planícies férteis, tornando prado em deserto. O próprio mago negro perdeu a vida, e sua torre foi reduzida a uma montanha de escombros no formato de uma caveira - Skullcap. A Guerra dos Portões Anões acabou sem vencedores.

O tempo passou. Ansalou viveu muitas outras guerras, que colocaram os anões da montanha e da colina lado a lado contra inimigos comuns. Antigos ressentimentos deram lugar a alianças, alianças formaram amizades. Na vila de Gathering, celebra-se anualmente, na época das colheitas do outuno, o Festival da Reconciliação, quando anões da montanha, anões da colina e humanos renovam seus laços de parentesco e apoio mútuo. Só que, sem o conhecimento do povo da vila, um mal antigo está para despertar... E as conseqüências desse ressurgimento podem dar lugar a um novo banho de sangue nos desertos de Dergoth.

É chegado, novamente, o tempo para heróis.


Bem-vindo ao mini-site da sessão de DRAGONLANCE em homenagem ao 30 anos de D&D, 20 anos de Dragonlance e 10 anos de RPG na casa de Marcelo e Daniel Sarsur. É, 2004 é um ano cheio de aniversários importantes. Brincadeiras de lado, a intenção desta página era oferecer uma noção inicial sobre a história, a ambientação e os personagens. Aqui você poderá escolher o personagem que você deseja utilizar na sessão de jogo, bem como conhecer alguns links importantes sobre a história e o mundo de Dragonlance. Preparado?


Dramatis personae

Como é difícil montar uma história detalhada e escrever 12 PCs de 8º nível, decidi consultar quais são os personagens de predileção de cada jogador. Desta forma, precisarei desenvolver apenas aqueles personagens escolhidos por algum de vocês. E também terei noções se precisaremos de NPCs ou não. O procedimento é simples: leia as descrições abaixo, escolha 4 opções de personagem com os quais você gostaria de jogar, e um personagem com o qual você não jogaria de jeito nenhum. Daí, eu receberei os e-mails e designarei quem fica com qual personagem. Se mais de uma pessoa escolher o mesmo personagem, farei um sorteio - na presença do Daniel ou em sala de aula - para determinar quem fica com o personagem querido. Tentarei dar a cada um o primeiro personagem pedido, mas não posso prometer milagres. Portanto, boa escolha!

Uma observação: as ilustrações são meramente "ilustrativas". Assim, é possivel que a descrição do seu personagem seja um pouco diferente da imagem.


Sir Ranulf uth Wingel

Conceito: Humano (Civilizado) Cavaleiro de Solamnia (Ordem da Coroa)
Pontos fortes: Excelente combatente, bom relacionamento com os anões e humanos.
Pontos fracos: Desconhecimento de magia, pouco hábil em combate a distância.
Resumo: Sir Ranulf foi enviado pelo Comando dos Cavaleiros em Abanasinia para supervisionar o Festival da Reconciliação em Gathering. Mal sabia ele que uma trama secreta estava prestes a se desenvolver sob sua guarda...

Snowrise of the Qué-Shu

Conceito: Humana (Nômade) Feiticeira da Academia
Pontos fortes: Capaz de usar magias arcanas, especializada em magias de gelo.
Pontos fracos: Fraca em combate corpo-a-corpo, possui pouca resistência.
Resumo: Snowrise compareceu ao Festival da Reconciliação a fim de representar a sua tribo e os feiticeiros da antiga Academia de Feitiçaria de Palin Majere. Uma trama mágica forçará esta reclusa aldeã de Qué-Shu a assumir funções de heroína.

Helma Forgeheart

Conceito: Anã Neidar Clériga de Reorx
Pontos fortes: Capaz de usar magias divinas, excelente relacionamento com os anões.
Pontos fracos: Pouco eficiente em combate, baixa agilidade e defesa.
Resumo: Helma Forgeheart é sacerdotisa do deus patrono dos anões. A ela foi entregue a responsabilidade de coordenar as celebrações do Festival. Uma outra missão, ainda mais secreta, lhe foi conferida pelo Chefe da Igreja de Reorx - sem saber, ainda, do que a aguarda.

Kalin Whistlebeak

Conceito: Kender Ladino
Pontos fortes: Muito ágil e pequeno, bom em combate a distância, capaz de desarmar armadilhas e andar sem ser percebido.
Pontos fracos: Visto com desconfiança, muito fraco em combate corpo-a-corpo.
Resumo: Kalin é um kender, a raça dos inocentes de Krynn. Sua vida é apenas um monte de aventuras, nos quais sua curiosidade é detida apenas pela sua falta de apreço pelas coisas dos outros. Qualquer que seja a aventura, Kalin estará presente.

Melinthalannas (Melanna)

Conceito: Elfa Qualinesti Ranger
Pontos fortes: Excelente em combate a distância, capaz de usar magias divinas.
Pontos fracos: Possui pouca resistência, não pode usar armaduras pesadas.
Resumo: Melenna luta contra as hordas de goblins que hoje ocupam o glorioso reino de Qualinesti, as terras que outrora pertenceram aos elfos. Ela encontra-se na vila a fim de reunir forças com outros heróis para libertar seu Reino, mas um problema pode atrasar seus planos.

Theodur Ironstone

Conceito: Anão Hylar Nobre
Pontos fortes: Apto a coordenar e inspirar aliados, excelente relacionamento com os anões.
Pontos fracos: Desconhecimento de magia, fraco em combate corpo-a-corpo.
Resumo: Theodur é herdeiro de Odun Ironstone, um dos mais destacados líderes dos anões da montanha. Sua missão - altamente secreta - é vital para a sobrevivência de Thorbardin e para a manutenção da paz no sul do Continente. Será que ele pode encarar o desafio?

Sharpfang

Conceito: Elfo Kagonesti Druida
Pontos fortes: Capaz de usar magias divinas, pode assumir forma animal.
Pontos fracos: Pouco comunicativo, hábitos selvagens.
Resumo: Sharpfang foi criado na ilha de Ergoth do Sul, entre os Elfos Selvagens. Trazido para Qualinesti para trabalhar como serviçal, ganhou a liberdade ao lutar contra os invasores das terras élficas. Seu caminho cruza com os destinos dos povos de Gathering.

Gnash

Conceito: Gnomo Bardo
Pontos fortes: Capaz de usar magias arcanas, especializado em lances rápidos.
Pontos fracos: Muito fraco em combate corpo-a-corpo, possui pouca resistência.
Resumo: Gnash saiu de seu país a fim de pesquisar os cantos perdidos de Quivalen Soth, o grande bardo elfo de eras perdidas. Nesta sua busca, descobriu um interessante atração, o Festival da Reconciliação. Uma visita de pesquisa pode acabar dando lugar a uma aventura?

Lord Kael Axmore

Conceito: Humano (Civilizado) Cavaleiro de Neraka (Ordem do Lírio)
Pontos fortes: Excelente combatente, joga sujo em combate.
Pontos fracos: Desconhecimento de magia, péssima reputação entre anões.
Resumo: Lord Kael Axmore fez parte das forças de ocupação de Qualinesti durante a última Guerra, mas teve de deixar seu posto devido a ataques dos elfos. Ele deseja conquistar uma pequena área onde ele possa exercer poder absoluto... Como a vila de Gathering.

Ulyssar of Jelek

Conceito: Meio-elfo Mago da Alta Feitiçaria (Ordem dos Robes Negros)
Pontos fortes: Capaz de usar magias arcanas, especialista em magias da morte.
Pontos fracos: Fraco em combate corpo-a-corpo, péssima reputação entre os anões.
Resumo: Ulyssar é um devotado estudante de magia, residente na Torre de Alta Feitiçaria de Wayreth. Suas pesquisas arcanas dependem de encontrar um mestre da magia, capaz de ensiná-lo os rituais de poder que ele tanto cobiça. E ele fará tudo pelo poder supremo.

Dekkhar de-Juhl

Conceito: Minotauro Místico
Pontos fortes: Capaz de usar magias divinas, excelente combatente.
Pontos fracos: Péssima reputação entre anões, poucos conhecimentos.
Resumo: Dekkhar de-Juhl vem das terras além do mar, na ilha de Kothas. Após ter auxiliado seus irmãos minotauros a conquistar as terras dos Elfos Silvanesti, Dekkhar decidiu percorrer o continente como um mercenário, trabalhando pelo melhor preço, não importa as conseqüências. Em Gathering, uma missão desafiadora pode mudar tudo.

Skaald

Conceito: Dragoniano assassino
Pontos fortes: Saliva venenosa, couro duro, extremamente perigoso nos ataques traiçoeiros.
Pontos fracos: Desconhecimento de magia, péssima reputação com todas as raças.
Resumo: Skaald trabalhava para a grande dragão Beryl até sua morte durante a última Guerra. Para evitar a fúria dos elfos, Skaald escapou, passando a atuar como bandido de estradas e mercenário. Uma missão dada a ele promete ser muito recompensadora...


Escolheu seus personagens? Então é só enviar o formulário abaixo!

Nome:
E-mail:

Qual a sua primeira opção de personagem?
E a segunda opção?
Terceira opção?
Quarta (e última) opção?
Com qual personagem você não jogaria?


Por fim, quem quiser saber mais sobre Dragonlance pode visitar dois dos melhores sites na Internet sobre o assunto: Dragonlance.com e o Dragonlance Nexus. Quaisquer dúvidas, me mandem um e-mail.